CHEGADA NO PARAÍSO - CAP 16


Adam cuidava de sua mais nova aquisição: Fulmo, um cavalo de pêlos quase prateados. Um dos muitos que, vez ou outra, eram encontrados naquela região.
O interessante era como eles eram mansos, não tendo nada a ver com os cavalos selvagens que, outrora, existiam na Terra.
Ele acabara de limpar os pelo quando um brilho avermelhado surgiu ao longe. Alguns segundos depois, seguiu-se um som de um estrondo abafado.
Adam não teve dúvidas: pulou em seu cavalo e cavalgou naquela direção. Porém, algo o deteve quando passava pela casa de Layana.
- Adam! Adam!  - ouviu gritos de um conhecido velho.
- Senhor Mirdoff? O que foi?
- É Layana! Ela começou a dar à luz!!!
- O quê??? Mas ainda não faltam três meses???
- Sim! Mas ela começou a gritar e a bolsa rompeu! Você precisa achar o Xandro!!!
Adam não pensou duas vezes. Pôs seu cavalo a correr na direção da casa do médico-biólogo. Ele quase atropelava as pessoas em seu caminho.
O desespero de Adam não se concentrava na vida que estava a caminho, mas na possibilidade de outra vida se perder: a de Layana.  Um bebê nascendo naquelas circunstâncias era arriscadíssimo.
Finalmente ele chegou à porta da casa de Xandro. Bateu à porta. Gritou. Nada. E o tempo continuava correndo.
Foi quando ele pensou: Havia visto várias pessoas indo na direção do brilho que vira mais cedo. Xandro poderia ter seguido para lá, da mesma forma que ele estava indo.
Virou Fulmo naquela direção e fez o cavalo correr como dizia seu nome (relâmpago em esperanto).
Finalmente chegou a uma clareira onde havia fumaça e relva queimada. Havia uma quantidade razoável de pessoas que haviam sido atraída para aquele cenário, mas nada disso importava para Adam.
Seguindo para o centro daquele cenário, encontrou finalmente Xandro, acompanhado de Cássia e Alaústre.
- Xandro! Preciso de sua ajuda! Layana está dando à luz!
O cientista assustou-se:
- O quê??? Ainda faltam 3 meses!
- Eu sei! Venha! Eu levo você!
Xandro olhou para Cássia. Em seguida respondeu:
- Vá para a casa de Layana! Eu tenho o meu cavalo! Encontro você lá!!!
- Mas...
- Nada de “mas”! Vá! É nossa única esperança!
Adam não entendeu, mas novamente galopou de volta ao rancho Mirdoff. Amarrou seu cavalo na varanda e entrou.
- Senhor Mirdoff!!!
- No quarto!... – ouviu a voz do velho.
Adam correu para lá. Mirdoff permanecia ao lado de sua filha na cama.
- Onde está Xandro? – inquiriu Donis.
- Mandou-me encontrá-lo aqui. Como está Layana?
- Está delirando, chamando pelo estrupício do marido dela. Onde aquele vagabundo está?
Antes que Adam pudesse responder, ouviu batidas na porta.
- Senhor Mirdoff! Estou aqui! Onde está Layana?
- Graças aos céus você chegou, Xandro! Estamos no quarto!
Xandro chegou com uma maleta grande, feita de couro preto. Estava completamente desarrumado, com os cabelos muito bagunçados. Cássia estava junto dele, cansada como se tivesse corrido uma maratona.
- A senhora está bem? – perguntou Adam.
Ela só limitou a balançar a cabeça. Xandro prosseguiu:
- Por favor, deixem-me cuidar agora da paciente. Preciso que saiam.
Donis e Adam saíram. Foram ao alpendre, onde dois bancos compridos, feitos de madeira com formato artesanal. O senhor Mirdoff estava visivelmente nervoso. O ex-soldado sentou-se ao seu lado, enquanto Cássia, sentada de frente a eles, ainda respirava cansada.
- Eu nunca deveria ter saído da Terra! Além de não salvar a humanidade, corro o risco de perder minha filha!
- O senhor só estava fazendo o que achava melhor para todos... – Adam tentava consolar.
- E aquele imbecil do meu genro? Onde está numa hora dessas? Por que ele não está aqui?
Cássia, ainda recobrando o fôlego, respondeu:
- Senhor Mirdoff, Roger não vai mais voltar...
- Ah! Que bom! Aquele covarde fugiu? Com outra mulher, aposto.
- Não, senhor... ele morreu.

0 comentários:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR:

- não escreva em CAIXA ALTA;
- não divulgue links;
- não escreva com miguxês, internetês e similares;
- respeite as opiniões apresentadas.

Obrigado.

 
T.E.C. © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour | Customized by Sybylla