CHEGADA NO PARAÍSO - CAP 13

Maruska chorava baixinho num dos corredores da mansão do vice-prefeito. Naquele dia ela não se apresentaria na Taverna do Terceiro Planeta como fazia habitualmente às sextas. Tudo devido ao seu pequeno filho de 4 anos com corpo de 9.
Finalmente, Leonard passou pelo corredor. Maruska estava ansiosa.
- Meu filho! Como ele está???
Leonard coçou a cabeça. Respondeu com certo cansaço:
- Ele e Enod estão bem. Xandro acabou de ir embora e ele examinou os dois. Fora a idade avançada, estão com plena saúde.
Isso trouxe algum alívio, mas muito suavemente.
- Não tem jeito deles voltarem a ser as crianças que eram?
- Isso é impossível...
Maruska voltou a chorar. Leonard a abraçou:
- Calma... a notícia boa é que eles amadureceram junto. Estão com a mente de crianças com a idade que eles aparentam.
- Como isso é possível?
Leonard deu de ombros:
- Não sei. Talvez faça parte do feitiço que aquele bruxo lançou neles.
Maruska parou de chorar, mas ainda estava muito triste.
- Eu queria tanto ver meu filho crescer...
Leonard a abraçou e começou a beijá-la.
- Você ainda vai ter muito tempo com ele! Prometo!
E continuou a beijá-la. Porém, Maruska logo caiu em si:
- Leonard! Sua esposa pode nos ver!
- Fique tranquila. Ela está tão cansada que caiu num sono profundo!
- Cansada? Ela? Ela leva vida de madame! Como pode estar cansada? - indignou-se.
- Esse caso... desgastou muito ela. Por isso ela já dormiu.
Maruska se afastou um pouco.
- Não sei por que você ainda está com ela. Você vive dizendo que é a mim que ama, e não ela.
- Eu já disse: ela tem coisas contra mim. Não posso correr o risco de me separar dela.
- Só porque você quer ser eleito prefeito no lugar do capitão Kintê. Você não liga pra mim. Só para o poder...
Leonard a abraçou.
- É claro que ligo para você. Mas as coisas que ela sabe são muito sérias...
- Sérias como, Leonard? Você nunca se explica!
De repente, ouviu-se o som de passos. Leonard e Maruska se calaram. Logo o capitão Amaranto chegou, usando sua roupa e luvas de couro.
- Algum problema, sr. vice-prefeito?
- Nada. O que faz aqui?
- Vim ver se preciso reforçar sua guarda. Os bruxos da região podem querer se vingar do senhor por eliminarmos o feiticeiro que amaldiçoou seu filho.
Maruska se assustou:
- Meu filho... ele também corre perigo?
- Não acredito, senhora... O que foi feito a eles, já foi feito. Preocupo-me é com o resto da família. Por isso eu quero checar os aposentos próximos ao do senhor Leonard.
- Pode ir. Só tome cuidado para não acordar minha esposa.
- Pode deixar. - e sacou um cantil e começou a bebê-lo enquanto seguia em direção aos quartos.
- Está uma noite muito quente hoje...


0 comentários:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR:

- não escreva em CAIXA ALTA;
- não divulgue links;
- não escreva com miguxês, internetês e similares;
- respeite as opiniões apresentadas.

Obrigado.

 
T.E.C. © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour | Customized by Sybylla