CORES BARULHENTAS - CAP 16

Roger abriu os olhos lentamente. Do lado de fora de sua câmara ele podia ver um vulto.
Seu corpo doía como se tivesse dormido muito, o que não era surpresa após tantos milênio.
Lentamente abriu sua câmara. Ali estava seu fiel C.G.MEX, promovido a líder dos robôs que cuidavam da nave. O acionamento deste, assim como seu posto, fora cuidadosamente programado pelo jovem.
O aspecto do robô já não era mais o mesmo. Com todo cuidado e operações de manutenção, o C.G.MEX era um rascunho do que fora sua aparência. Partes amassadas aqui e ali, roupas em forma de trapos, mostrando um corpo bem robótico, além de manchas de desgaste e um olho queimado à mostra por dentro.
- Seja bem vindo, mestre Hobbit! - saudou o autômato.
- C.G., você não fez reparos em si?
- Eu economizei um pouco, uma vez que as peças de reposição são limitadas. Ainda temos algumas em estoque, mas procuramos fazer reparos somente quando era muito necessário.
- Entendo. 10.000 anos é muito tempo.
- Na verdade, para nós, foram apenas cerca de 7.000 anos. Viajamos a 70% da velocidade da luz. Para quem ficou na Terra, sim, se passaram 10 milênios. - corrigiu o robô com seus cálculos relativísticos.
- Isso se sobrou alguém vivo lá... - comentou o jovem. - Mas deixa para lá. Em quanto tempo chegaremos?
- Devo dizer que chegaremos a nosso destino em 5 dias e...
- Cinco dias??? Por que me acordou tão cedo??? Dois dias já estava muito bom!!!
- Senhor, eu...
- Ah! Deixa para lá! Preciso fumar uma erva! Faz milênios que não fumo!
- Senhor, acho melhor...
- ... que você me leve até minha horta. E em silêncio, ok? Estou com um pouco de dor de cabeça.
O robô assentiu com a cabeça e começou a escoltar Roger pela nave. Em pouco minutos, a dupla chegou a um portal branco muito largo. O C.G.Mex acionou um botão e a entrada se abriu. O centro de circulação de ar da nave parecia uma floresta!
- Caramba! Esse negócio cresceu um bocado!!! - surpreendeu-se o jovem, muito animado.
Porém, a empolgação logo deu lugar ao medo. Um barulho pareceu ter feito a nave tremer. Roger somente não caiu no chão pois estava usando botas magnéticas, que criavam uma tênue ilusão de gravidade artificial.
- O que foi isso???
- Era o que eu queria dizer: há cerca de uma hora uma frota alienígena está tentando falar conosco.

0 comentários:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR:

- não escreva em CAIXA ALTA;
- não divulgue links;
- não escreva com miguxês, internetês e similares;
- respeite as opiniões apresentadas.

Obrigado.

 
T.E.C. © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour | Customized by Sybylla