CORES BARULHENTAS - CAP 05

-Paizão, aqui está a lista de quem vamos levar. - disse Roger entrando no escritório do pai.
O senador estranhou o tratamento dado pelo filho, tão frio nos últimos dias. Ele pegou o papel, mas antes que o lesse, o jovem continuou:
-E eu também gostaria de pedir um favor: quero ajudar a trabalhar na nave.
Isso realmente surpreendeu o pai.
-Você não parecia interessado nesta viagem.
-Mas eu percebi o quão importante é isso. Além do mais, não foi você mesmo que disse que eu devia trabalhar?
O senador abanou a cabeça, ainda surpreso. Concordou:
-Bom, se você quer assim, vou enviá-lo ao Deserto do Atacama, onde as naves estão sendo preparadas. Você vai com um tutor para que continue seus estudos lá.
-Tem uma área em especial que eu queria trabalhar lá.
-E qual seria?
-Robótica. Eu sou muito bom com C.G.MEX.
-De acordo. Vou pedir ao presidente para designá-lo para esta área.
-Obrigado, pai.
-De nada. Agora vamos ver sua lista.
Esta era a parte crítica dos planos de Roger: seu pai não podia descobrir que seus amigos estavam na lista. Porém, o senador percebeu a discrepância:
-Quem são Alex e Gina?
-São primos distantes. Você não conhece.
O pai olhou para seu filho, encolhido ao lado da mesa. Deu um sorriso e disse:
-Tudo bem. Você deve ter tido bastante trabalho para fazer esta lista. Leve-a para a secretária para que ela despache para o presidente.
Roger suspirou aliviado.
-E peça para ela ligar também para ele. Preciso pedir sua nomeação para trabalhar nos robôs.

0 comentários:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR:

- não escreva em CAIXA ALTA;
- não divulgue links;
- não escreva com miguxês, internetês e similares;
- respeite as opiniões apresentadas.

Obrigado.

 
T.E.C. © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour | Customized by Sybylla