Conto (capítulo 3) - NÃO SE MORRE MAIS COMO ANTIGAMENTE

O emprego foi arranjado por um amigo da família. João fazia levantamento de casas que iam a leilão para verificar se era interessante comprá-la, reformá-la e revende-la.
Numa destas ocasiões, João foi conhecer a casa de um homem há muito desaparecido. O comprador havia deixado muito dinheiro em sua conta bancária, de onde o banco retirava as parcelas. Infelizmente, o contrato ainda era da época em que um financiamento imobiliário deixava resíduo, e o dinheiro já havia se esgotado, levando a financeira a retomar a casa para leilão.
A residência ficava muito afastada. Ela já valia pouco, pois já havia sido depenada por vândalos e ladrões. Este processo já havia sido detido, pois o local começara a crescer com a construção de casas de um bairro recém fundado, que contava com uma delegacia bem em frente à casa abandonada.
João teve alguma dificuldade para abrir a porta, pois o trinco estava enferrujado. Após entrar, começou a anotar os dados da casa. Ali cheirava mal. Provavelmente algum animal havia morrido ali dentro.
João começou a lamentar. Ele nunca conseguia ir muito longe na vida. Talvez se ele vivesse numa época menos atribulada, ninguém exigiria tanto dele. Provavelmente seria aceito em qualquer emprego e poderia se aposentar no mesmo lugar sem pular de emprego e emprego.
De repente, João pisou num local que fazia um barulho diferente. Era o interior de um pequeno closed. Não gostou. Ele já queria sair logo dali. Agora ele teria que verificar se havia algum problema ali.
Tateando no escuro, João encontrou uma abertura onde podia colocar dois dedos. Ao puxar, levantou o piso, revelando uma escadaria. Havia luz. Desceu pelas escadas.
Ao chegar embaixo, viu vários equipamentos desconhecidos. Olhando em volta, viu um corredor, de onde vinha a luz. Seguiu por ele. Ao final, havia uma taboa obstruindo a saída. Empurrou. Ao fazê-lo, teve a primeira das grandes surpresas daquele dia.

0 comentários:

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR:

- não escreva em CAIXA ALTA;
- não divulgue links;
- não escreva com miguxês, internetês e similares;
- respeite as opiniões apresentadas.

Obrigado.

 
T.E.C. © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour | Customized by Sybylla