CAPÍTULO 12 - A escolha de Silas

Vanessa estava angustiada. Ela disse que tinha uma velha amiga naquela nave.
- Silas, quando isso vai parar? – lamentava a moça.
Silas permanecia em silêncio, encolhido no sofá.
- Precisamos buscar os UPGRADES. – concordava Sônia.
- Finalmente alguém com bom senso! – reapareceu Trec.
- Trec, onde estão os UPGRADES? – perguntou Gano.
- Essa informação não posso dar.
- Não pode porque é segredo ou não sabe? – desafiou Gano.
- Não posso porque não sei. As pistas estão nos próprios UPGRADES.
- Se é assim, você deve saber, pelo menos, onde está o primeiro UPGRADE. – sugeriu Sônia.
- Está no planeta onde fui encontrado. Eu tenho a localização segundo um mapa espacial parcial de 5000 anos atrás.
- Como o Universo está em expansão, o mapa já está desatualizado. – concluiu Sônia.
- Eu posso fazer cálculos instantâneos e extrapolar a localização no momento. O problema é se vocês conseguem situar o planeta no sistema cartográfico retrógrado de vocês.
- Consegue mostrar uma imagem, pelo menos parcial, do conjunto de estrelas num raio de 20 anos-luz? – perguntou Gano.
- Posso. Mas em que isso ajuda?
- Leio mapas estelares desde pequeno. Se eu enxergar o conjunto de estrelas talvez eu possa deduzir em que região está o sistema estelar que estamos procurando.
- Tudo bem, vamos lá!
Trec dá lugar a uma imagem holográfica mostrando um conjunto de estrelas.
- Trec, gire o mapa 15° de cima para baixo e 48° da esquerda para a direita. – pediu Gano.
A imagem foi atualizada. Gano deu um pulo.
- É isso! Eu conheço esses sistemas! Eles estão nos limites da Confederação!
- Legal! E em qual sistema está o planeta que procuramos? – perguntou Sônia.
Uma estrela começou a brilhar. Gano perdeu toda empolgação.
- Essa não! É um sistema morto!
- O que é um “sistema morto”? – perguntou Vanessa, já mais calma.
- É um sistema desprovido de grandes corpos celestes como gigantes gasosos. O único grande corpo é uma estrela que, neste caso, é uma anã amarela. – explicou Gano.
- Que significa o quê?
- Não é possível voltar de lá pelo hiperespaço. Toda viagem de volta é feita em velocidade abaixo da velocidade da luz. E o sistema mais próximo fica a 4,5 anos-luz.
- Isso explica porque o professor Arnaldo ficou tantos anos desaparecido. Na melhor das hipóteses ele levou nove anos para voltar. – salientou Sônia.
- Eu vou para lá.
Todos se voltaram para Silas. Ele estava de pé.
- Tem certeza? É uma viagem e tanto. – falou Gano.
- Os zortars querem a TEC. Se for isso que desejam, vão ter que vir atrás de mim. Talvez sozinho e desprotegido eles parem de atacar os humanos e queiram vir atrás de mim.
- Pouco provável. Os zortars têm expectativa de vida pequena: 45 anos. Quem fizesse isso perderia 1/5 da vida só viajando de volta. – observou Sônia.
- Fora o sistema de defesa que existe lá. Só humanos podem chegar ao planeta. – observou Trec materializando-se.
- O professor Arnaldo era humano. Por isso ele chegou ao planeta. – concluiu Sônia.
- Essa missão é minha, amigos. Já envolvi gente demais com meus atos. Desta vez, é melhor que eu vá sozinho.
Todos permaneceram em silêncio. Havia muito a perder para todos, afinal, menos para ilkages que vivem quase o dobro de tempo que os humanos, 10 anos são muita coisa.
Porém, luz e sons de fogos invadiram o ambiente. Logo, Trec estava vestido com uma roupa festiva ao invés do traje cinza que costumava vestir.
- Finalmente. Agora a humanidade está salva! – gritava o holograma enquanto comemorava.
- Preciso ainda falar com uma pessoa, Trec. Sozinho! Não quero nenhuma interferência sua. Depois podemos ir.
- Como quiser. Eu nem estou aqui! – e desapareceu.

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Legal, agora a grande aventura vai começar!

  1. Narrador Briee disse...:

    Ainda estamos bem no início. Este livro é apenas o primeiro de 6 volumes. Para este primeiro livro, agora a ação e o suspense vão aumentar.
    Espero que a leitura esteja legal.

Postar um comentário

ANTES DE COMENTAR:

- não escreva em CAIXA ALTA;
- não divulgue links;
- não escreva com miguxês, internetês e similares;
- respeite as opiniões apresentadas.

Obrigado.

 
T.E.C. © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour | Customized by Sybylla